Compondo com Escalas Menores

Excerto

Os compositores geralmente fundem duas escalas menores (menor natural e menor harmônica) para obter um som mais agradável.

Assista à aula completa com animação em Flash ou leia a transcrição abaixo

As aulas de teoria musical foram produzidas em Flash, uma tecnologia que não funciona em celulares e em alguns tablets. Se em vez da aula aparecer abaixo uma tela em branco, você pode salvar o link desta página em seus favoritos e abri-la depois num computador desktop ou notebook. Se já estiver num computador, basta instalar e ativar o Flash no navegador. Bons estudos!

Transcrição

Diferentemente da escala maior, há três escalas menores.

Os compositores geralmente fundem duas dessas escalas – menor natural e menor harmônica – para obter um som mais agradável.

Recorde-se das tríades diatônicas dessas escalas.

Observe que muitas das tríades são as mesmas.

Três pares de tríades (III, III+), (v, V), (VII, viiº) são diferentes por causa do sétimo grau elevado da menor harmônica.

III é sempre usado em vez do III+. Isso é porque o III+, sendo um acorde aumentado, tem um som estranho.

Como ele contém uma nota sensível (e portanto é mais forte), o V is preferível ao v. Isso não significa que o v não possa ser usado.

O VII e o viiº são igualmente usados. Como você verá mais tarde, cada um deles tem uma função diferente.

Como pode ver, a escala menor fundida contém nove tríades diatônicas diferentes.

Se você encontrar algum erro, por favor nos avise, é bem fácil! Basta marcar o texto e pressionar Ctrl+Enter.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: