Tom, Semitom e Alterações

Excerto

Aula de teoria musical sobre a definição de tom e semitom. Um tom é o mesmo intervalo musical que dois semitons.

Assista à aula completa com animação em Flash ou leia a transcrição abaixo

As aulas de teoria musical foram produzidas em Flash, uma tecnologia que não funciona em celulares e em alguns tablets. Se em vez da aula aparecer abaixo uma tela em branco, você pode salvar o link desta página em seus favoritos e abri-la depois num computador desktop ou notebook. Se já estiver num computador, basta instalar e ativar o Flash no navegador. Bons estudos!

Transcrição

Um semitom ou meio-tom é a distância de uma tecla no piano a uma tecla adjacente.

Como ocorre entre teclas adjacentes, o intervalo da Tecla 1 para Tecla 2 é um exemplo de um semitom.

Um semitom nem sempre é de uma tecla branca para uma tecla preta.

Neste exemplo, a Tecla 1 e a Tecla 2 também são adjacentes.

Um tom é a mesma distância que dois semitons.

Da Tecla 1 para Tecla 3 há um tom. (O primeiro semitom é da 1 à 2, o segundo, da 2 à 3)

Uma alteração ou acidente é um sinal usado para elevar ou abaixar a altura de uma nota.

Os primeiros acidentes que discutiremos são os bemóis e os sustenidos.

O bemol abaixa a nota em um semitom, enquanto o sustenido eleva a nota em um semitom.

Ao digitar, você pode usar o sinal # para representar um sustenido e um b para representar um bemol.

Vamos examinar a tecla preta entre o Dó e o Ré.

Esta tecla pode ser chamada Dó sustenido já que está um semitom acima do Dó.

Ela pode também ser chamada Ré bemol, já que está um semitom abaixo do Ré.

Outro exemplo seria entre Mi e Fá.

O Mi pode também ser chamado Fá bemol, já que está um semitom abaixo do Fá.

Do mesmo modo, o Fá pode ser chamado Mi sustenido.

Toda vez que uma determinada nota tiver vários nomes, isso é chamado enarmonia.

Os próximos acidentes que discutiremos são o dobrado bemol, ou bemol duplo, e o dobrado sustenido, ou sustenido duplo.

Enquanto bemóis e sustenidos alteram uma nota em um semitom, o dobrado bemol e o dobrado sustenido alteram a nota em um tom.

Ao digitar, você pode usar um x para representar um dobrado sustenido e um bb para representar um dobrado bemol.

Por exemplo, tanto Ré quanto Mi dobrado bemol têm a mesma altura, já que você pode chegar ao Ré descendo um tom (ou dois semitons) a partir do Mi.

O Ré também soa o mesmo que um Dó dobrado sustenido, já que está um tom acima do Dó.

Por fim, um bequadro cancela qualquer alteração e devolve a nota à sua altura original.

Aprenderemos mais sobre bequadros numa próxima lição.

Se você encontrar algum erro, por favor nos avise, é bem fácil! Basta marcar o texto e pressionar Ctrl+Enter.

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: